Interlagos 2009

 

Após três dias de intensas disputas e muita criatividade, a sexta edição da Maratona Universitária da Eficiência Energética terminou no último sábado com a consagração das universidades federais de Itajubá (MG) e Santa Maria (RS). Os mineiros estabeleceram um novo padrão entre os elétricos e os gaúchos surpreenderam com o seu protótipo a gasolina. 

A disputa aconteceu no Kartódromo Ayrton Senna, em Interlagos, entre os dias 5 e 7 de novembro. Entre as equipes participantes, 28 carros (12 a gasolina e 16 elétricos) conseguiram estabelecer marcas de economia. Estiveram representadas 16 faculdades de engenharia, design, gestão ambiental, matemática e arquitetura dos estados de São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Após conquistar o terceiro lugar em 2008, a equipe de Itajubá apostou na tecnologia e equipou seus carros elétricos com motores utilizados em projetos aeroespaciais. Venceram, quebraram o recorde e garantiram o segundo lugar. O protótipo campeão percorreu 39,6 km com a carga de uma bateria de moto (12V 4Ah). Ano passado, mesmo com a bateria mais forte (era usada a versão de 6Ah), o vencedor atingiu 29,9 km.  

Desde a sua primeira participação, a equipe de Santa Maria sempre foi imbatível entre os elétricos. Mas a história mudou. A equipe teve seus recordes “pulverizados” pelos mineiros, mas surpreendeu ao vencer com um carro a gasolina. Com a marca de 345,5 km/l, a universidade chegou perto do recorde da prova (367 km/l), registrado pela Unicamp em 2007. 

Estreantes Fizeram Bonito

Na edição 2009, a Maratona Universitária da Eficiência Energética contou com a presença de vários estreantes. O CEFET-MG foi o melhor entre os modelos a gasolina, com a sexta colocação e 140,2 km/l. A Universidade Regional de Joinville (SC) conquistou o nono lugar com 81 km/l.

A USP São Carlos (SP) apresentou o melhor protótipo elétrico estreante, com 16,9 km percorridos e o sexto lugar na categoria A equipe chegou a participar em 2008, mas teve problemas técnicos e não conseguiu entrar na pista. Também fizeram o seu “batismo” em Interlagos os carros da Uniban (SP), Faculdade Cinecista de Osório (RS), Universidade Estadual do Oeste do Paraná e Universidade Federal de Santa Catarina.

Carros e Motores para os Campeões

Com patrocínio da Fiat, FPT Powertrain Technologies e NSK Rolamentos, além de apoio técnico da Heliar e VZAN, a competição premiou as duas universidades que alcançaram o menor consumo energético, em cada categoria, com carros da Fiat Automóveis para uso didático. Os terceiros colocados ganharam um conjunto de três motores da FPT.

Uma Referência Mundial

Criada em 2004 pela Projeto de Comunicação, a Maratona Universitária da Eficiência Energética, é atualmente uma das maiores competições do mundo voltadas para a pesquisa da eficiência energética veicular.

Confira os Resultados da Maratona 2009:

Categoria Gasolina (Universidade/Carro/Consumo)

1 – Universidade Federal de Santa Maria (Santa Maria/RS) – EESM06 – 345,5 km/l
2 – Universidade Anhembi Morumbi (São Paulo/SP) – Errba 4 – 252,1 km/l
3 – UNICAMP (Campinas/SP) – Eco 367 – 193,6 km/l
4 – Universidade Federal de Santa Maria (Santa Maria/RS) – Bombaja – 183,5 km/l 
5 – Unifei (Itajubá/MG) – Octanum – 181,1 km/l
6 – CEFET (Belo Horizonte/MG) – Ecofet – 140,2 km/l
7 – Universidade Federal de Rio Grande (Rio Grande/RS) – Promic 11 – 137,3 km/l
8 – Faculdade de Design Industrial de Mauá (Mauá/SP) – K2 – 113,4 km/l
9 – Universidade Regional de Joinville (Joinville/SC) – Rinoceros – 81 km/l
10 – Instituto Mauá de Engenharia (São Bernardo do Campo/SP) – EcoMauá – não completou
11 – Instituto Mauá de Engenharia (São Bernardo do Campo/SP) – Dunhas – não completou
12 – Mackenzie (São Paulo/SP) – Mundrungo II – não completou

Categoria Elétrico (Universidade/Carro/Distância)*

1 – Unifei (Itajubá/MG) – Tesla – 39,6 km
2 – Unifei (Itajubá/MG) – E-Urb – 32 km
3 – Instituto Mauá de Engenharia (São Bernardo do Campo/SP) – Fênix – 23,5 km
4 – Universidade Federal de Santa Maria (Santa Maria/RS) – EESM07 – 20,3 km
5 – UNICAMP (Campinas/SP) – Tesla – 17,2 km
6 – USP São Carlos (São Carlos/SP) – Fênix – 16,9 km
7 – Universidade Federal de Santa Maria (Santa Maria/RS) – EESM08 – 14,7 km
8 – Faculdade de Design Industrial de Mauá (Mauá/SP) – K3 – 13,8 km
9 – Mackenzie (São Paulo/SP) – Elétrico – 13,1 km
10 – Universidade Anhembi Morumbi (São Paulo/SP) – Errbatronic 3 – 12,2 km
11 – Universitas FEPI (Itajubá/MG) – Cel de Minas – 11,2 km
12 – Faculdade Cinecista de Osório (Osório/RS) – Ventos do Sul – 10,5 km
13 – Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Foz do Iguaçu/PR) – Quati 01 – 9,9 km 
14 – Universidade Federal de Rio Grande (Rio Grande/RS) – Promic – 9,9 km
15 – Universidade Federal de Santa Catarina (Florianópolis/SC) – E3PO – 7,4 km
16 – UNIBAN (São Paulo/SP) – Tesla Drive – 3,3 km 

* foram utilizadas baterias Heliar HTZ5 de 12V 4Ah (aplicação principal em motos e scooters 125 cc)

10/11/2009

.

 Texto em Word: Imagem em Alta:  Imagem em Baixa: Mais Imagens: